Instalar o Archlinux ficou muito mais fácil!

17 abr

Para quem não curte a instalação padrão/manual do Arch Linux, agora ela é possível ser feita através de um script que está presente na própria ISO oficial.

O primeiro passo (obviamente) é baixar a ISO, aqui e criar seu pendrive de boot.

Para o teste a instalação a seguir foi feita utilizando o VirtualBox, onde foi criada uma máquina virtual com 20GB de disco e 4GB de memória RAM:

No caso de utilização do Virtualbox, é preciso habilitar a opção “Habilitar EFI (sitemas especiais apenas)” em Configurações/Sistema da VM, ou ao fim da instalação o sistema não iniciará.

Uma vez que temos a VM criada e configurada, inicie a mesma, selecione a ISO baixada do Arch Linux e inicie o processo de boot:

Depois do boot do sistema, se você estiver utilizando um pendrive em uma máquina real será preciso conectar a internet, utilizando o iwd.

Para executar o script de instalação:

archinstall

Escolha o layout de teclado( por exemplo: brasileiro):

help

Procure por “br” e selecione a opção 1, br-abnt2:

Escolha a região de onde os pacotes de instalação serão baixados (Brazil):

Feito isso precisamos escolher qual o disco onde o sistema será instalado e qual o formato de partições será criado.

Obs.: O script vai fazer um particionamento padrão. Para quem está acostumado a fazer o seu próprio particionamento, uma solução é clonar e alterar as configurações do script original, subir seu próprio script em um repositório do Github (por exemplo) e baixar e executar o seu script na instalação. 🙂

No exemplo digite “1” para escolhermos a opção do disco de 20GB, e “1” para o formato de partições ext4. Não estamos encriptando o disco e já podemos definir o Hostname:

Defina a senha do usuário Root, crie o usuário padrão do sistema (o seu usuário) e habilite o comando sudo para o usuário criado:

Escolha o ambiente gráfico de suas preferência, por exemplo o Gnome, com a opção “2”:

Escolha a opção do seu vídeo e se gostaria de instalar algum pacote adicional:

Escolha a configuração de rede:

Escolha o timezone, no caso America/Sao_Paulo:

Confira o resumo da instalação:

Se tudo estiver certo, “Enter” para continuar e processo de instalação será iniciado:

E pronto! Só reiniciar e ser feliz.

😀

Como pode ser visto, o processo ficou extremamente simples e rápido!

E se você gosta da seguir a instalação a moda antiga (como eu), ela continua do mesmo jeito.

\o/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.